Visto o Branco, Sou da Paz

Desde que comecei o blog, uma das minhas maiores preocupações sempre foi a questão da intolerância religiosa. Normalmente evito divulgar os inúmeros casos de agressão e desrespeito porque acho que devemos nos ater aos bons exemplos de união e amor ao próximo mas infelizmente os fatos nos mostram que a intolerância religiosa não apenas tem crescido como tem ficado cada vez mais violenta, beirando o fanatismo.
Tudo em excesso é ruim, mesmo a religião. Principalmente quando esse excesso vem acompanhado da falta de conhecimento e estudo.
Louvável essa avó que iniciou uma campanha pela paz e contra a intolerância religiosa nas redes sociais. Mas tenho apenas uma ressalva: As pessoas estão postando fotos com roupas brancas e dizendo que são umbandistas, candomblecistas e que suas religiões não fazem o mal. Bom na minha opinião, nenhuma religião faz o mal, quem faz o mal são pessoas muitas vezes ligadas a certos segmentos religiosos. Não podemos generalizar ou julgar as outras religiões, devemos sim cobrar do poder público ações que evitem esse tipo de violência e sempre orientar nossos irmãos a sempre respeitarem e entenderem as demais religiões e crenças.
O estudo, a compreensão, o respeito e o amor são as chaves que nos libertarão dos grilhões da intolerância religiosa.
Eu também visto o branco meus amigos, mas não apenas na roupa, eu visto o branco no coração, na mente e na alma. Assim como sou umbandista de coração, mente e alma e como me foi ensinado dentro da Umbanda, sou da paz e do respeito.

Wanderley Donaire Maganha

Aranauam

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s